Aumento de violência assusta moradores em Niterói, no RJ

Divulgue isto!

Categoria Principal: DestaquesHome

O número de crimes em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, aumentou e assusta os moradores da cidade. Em fevereiro deste ano, os casos de roubo de veículos aumentaram 80% em relação a fevereiro do ano passado, como mostrou o Bom Dia Rio. Neste fim de semana, foram registrados mais casos de violência. O último foi o sequestro-relâmpago de um casal, salvo por policiais que desconfiaram da situação.

O suspeito de 19 anos foi preso quando ainda estava no carro do casal, que ele havia feito refém minutos antes. O suspeito tinha um menor como comparsa, e usava uma arma, que foi apreendida. O jovem ganhou a liberdade no mês passado, depois de cumprir pena durante dois anos por roubo.

O sequestro foi no bairro do Ingá, Zona Sul de Niterói, onde na madrugada de domingo (1º) uma tentativa de roubo assustou moradores desta rua. Segundo os investigadores, o estudante Jorge Luiz Carvalho voltava de uma festa e estava parado em frente a um prédio, a espera de um amigo.
Quando foi surpreendido por assaltantes que tentaram roubar o carro dele. O estudante foi baleado no pescoço e levado em estado grave para o hospital.

“Eu ouvi um tiro, depois vim para a varanda, porque eu moro aqui de frente, e vi um tumulto aqui formado”, disse uma vizinha.

Na fuga os criminosos ainda roubaram dois carros, entre o Inga e Icarai.

No sábado (31), outro caso de violência já tinha chamado atenção em Niterói. O médico Carlos Vieira de Carvalho Sobrinho, de 65 anos, foi morto na porta de casa, às 6h, logo depois de deixar o filho na rodoviária do município. No domingo (1º), amigos e parentes acompanharam emocionados o enterro do médico, assassinado com um tiro no peito. O disparo foi feito por suspeitos que estavam numa moto e roubaram o carro em que ele estava com a mulher. O crime foi a 800 metros da delegacia do bairro, numa região que sempre foi conhecida pelo clima de tranquilidade.

Mas os moradores reclamam do aumento da violência nos últimos meses. “Assaltos de celular (…) e violências maiores, como assalto de carro, assalto a mão armada. Todo mundo vem sofrendo, eu sofri recentemente, um carro, em fim. É um cenário de intranquilidade”, disse o professor Wilson Madeira.

A mesma queixa se estende a outros bairros da cidade. Os moradores da Região Oceânica fizeram um protesto na manhã de domingo (1º). Nos cartazes e faixas, o pedido de mais segurança e aumento do policiamento.

Veja a matéria compelta : http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/04/aumento-de-violencia-assusta-moradores-em-niteroi-no-rj.html
fonte : g1


Publicado por : admin-remind

Deixe sua opinião sobre a pagina : Aumento de violência assusta moradores em Niterói, no RJ